quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Quando tudo começa...

Quando pensar que ter um cão em casa será, se calhar, uma boa ideia pare um pouco. O que representa afinal esta decisão... é um mundo de responsabilidades na medida em que não se trata de um objecto ainda que o titulo que nos é atribuido pela sociedade é de dono. Não me cabe a mim, embora seja voluntário de uma associação que pretende promover a adopção de cães, pretender impigir cães a qualquer pessoa, nem ninguém se deve deixar convencer por pessoas que fazem isso.
Trata-se de um assunto sério, e a decisão se for positiva, ou seja, de ter um cão, vai-nos exigir um esforço nos próximos 10 ou mais anos. Esta decisão tem vários pontos a ponderar, que são:
-O que sabe acerca de ter um cão?
-Que espaço fisico tenho para lhe oferecer?
-Que disponibilidade de tempo tenho?
-Toda a minha familia concorda com a aquisição de um cão?
-Tenho condições financeiras para ter um cão?
-Quero um cão adulto ou um cachorro?
-Quero um cão de raça ou de raça indefinida (rafeiro)?
Se depois de todas estas perguntas a si próprio, chegou à conclusão que tem de investigar mais acerca do tema, que não terá problemas financeiros, que todos concordam com a aquisição, que terá condições de o ter em casa e tempo para lhe disponibilizar, então poderá efectivamente ter condições para ter um, parabéns a sua vida vai melhorar substancialmente.
Em relação à pergunda de cachorro ou adulto, é discutivel, ambos têm capacidade para se adaptar à familia e ao espaço, poderão é haver maus vicios que poderão necessitar de alguma experiência e paciência para resolver. Em relação à pergunta de raça ou sem raça, também é relativo, um cão de raça permite-nos escolher uma que se adeque à nossa personalidade, à nossa estrutura familiar, e ler acerca da mesma antes de obter o animal facilitando assim a sua educação. Os cães sem raça, em geral, são mais saudáveis, e quando adquiridos em adultos não haverá surpresas de tamanhos, etc., e será económica a sua aquisição, mas quando adquiridos em cahorros são uma incógnita e exigem alguma experiência de forma a não haver problemas de educação.

2 comentários:

Van Dog disse...

Vim aqui parar através do Zig. E hei-de voltar mais vezes!
Uauff!

Trequita disse...

Pois eu também aqui vim dar pelo Zig hehe
O blogue do zig só lhe arranja boa clientela
:)
(header bem conseguido)